7 passos para abrir uma franquia

0
10
jogo etapas - 7 passos para abrir uma franquia

Investir no modelo de franquias pode ser uma alternativa para quem deseja ter o próprio negócio. Para colocar este sonho em prática, planejamento é algo fundamental. Porém, é comum que os interessados não saibam por onde começar.

Para ajudar a elucidar este processo, listamos os 7 primeiros passos para abrir uma franquia, que precisam ser encarados com atenção.

1. Faça pesquisas iniciais e autoavaliação

Realize algumas pesquisas rápidas na internet sobre o funcionamento do modelo de franquias e seus modos de aplicação por meio de cases e exemplos de outras redes. Esta primeira etapa é importante para identificar se o seu perfil é adequado para o formato. Afinal, nem todo mundo está preparado para ter o próprio negócio seguindo um modelo já existente e com regras bem definidas. Conhecimentos sobre gestão e administração de empresas são alguns dos recursos necessários para iniciar essa jornada.

2. Preencha uma ficha de cadastro

Caso a pesquisa inicial o tenha levado à conclusão de que investir em franquias é uma boa oportunidade, o passo seguinte é separar algumas opções de marcas com que tenha afinidade. Então, procure essas marcas, que irão lhe passar uma ficha cadastral. Este documento servirá para que a franqueadora possa avaliar o seu perfil como candidato a franqueado.

3. Tenha o primeiro contato

Após preencher a ficha de cadastro, o candidato é convidado para um primeiro encontro. Nele a franqueadora apresentará o plano de negócios e a COF (Circular de Oferta de Franquia), que contém todas as informações sobre os termos gerais do negócio, principalmente as responsabilidades de cada uma das partes.  O aspirante a franqueado também vai receber a minuta do contrato de franquia. Os dois documentos precisam ser muito bem avaliados, pois essa é a oportunidade de tirar todas as dúvidas possíveis sobre o negócio, afim de evitar decepções futuras.

4. Visite unidades

É interessante conhecer algumas unidades da rede da qual pretende fazer parte antes de fechar negócio. Para ter uma visão real, vá como cliente. Consuma ou peça informações de tudo o que for possível. Isso é importante para observar o fluxo de trabalho, entendendo o que é positivo e o que pode ser melhorado. Além disso, as visitas às lojas também são importantes para conversar com os franqueados e entender a dinâmica diária da empresa.

5. Analise criteriosamente o contrato

Antes do aperto de mãos e da assinatura final, o contrato deve ser analisado com muita cautela. São diversos os pontos de atenção no contrato de franquia que precisam ser considerados, sendo os principais: deveres e obrigações de ambas as partes, demarcação de território e renovação e rescisão do contrato. Esteja seguro sobre todos eles.

6. Escolha o ponto

Algumas redes ajudam os franqueados na escolha do ponto comercial, enquanto outras pedem apenas para aprovar o local escolhido. Nos dois casos a franqueadora estará seguindo as estratégias da marca (localização, público-alvo, concorrência etc) e do potencial de investimento do candidato. De qualquer forma é mais um documento a ser analisado, além do contrato de aluguel, que também possui diversos pontos de atenção -, principalmente quanto à regularização do imóvel.

7. Mantenha a animação

Depois de inaugurado o negócio, o suporte da franquia é essencial para enfrentar as dificuldades iniciais, naturais em todo começo de empresa. Para ultrapassar todos os obstáculos e alcançar os resultados desejados, é importante continuar a se qualificar, manter os treinamentos de equipe e, principalmente, estar satisfeito com a própria decisão e a rotina do negócio.

 

COMPARTILHAR