É possível financiar a abertura da franquia?

0
80

Antes de abrir uma franquia, a principal necessidade do empreendedor é ter o capital suficiente para investir. Acontece que nem sempre o candidato a franqueado possui todo o recurso disponível e, neste momento, pode ser interessante recorrer às linhas de financiamento específicas para franquias.

O ideal é primeiro tentar financiar com o franqueador, pois algumas marcas contam com recursos para financiar novas unidades. Outra possibilidade é verificar se a franqueadora possui convênio com alguma instituição financeira, pois isso facilita o acesso às opções disponíveis no mercado.

Caso nenhum destes caminhos esteja disponível, o franqueado precisa recorrer diretamente aos bancos e analisar quais condições atendem melhor às necessidades do negócio. Tanto os bancos públicos quanto os privados possuem linhas de financiamento para a abertura de franquias. Confira abaixo algumas delas:

Caixa Econômica Federal

No Programa Caixa Franquias, o potencial franqueado pode financiar a abertura da empresa e também tem acesso aos cursos da instituição sobre capital de giro, antecipação de receitas, financiamento para investimentos, convênios e seguros.

Banco do Brasil

O Banco do Brasil possui linhas de financiamento disponíveis a partir da aprovação do franqueador junto à instituição. São diversos produtos e serviços que atendem ao potencial franqueado, como o BB Giro Empresa Flex, que oferece crédito para equilibrar o fluxo de caixa da empresa, com valor mínimo de contrato de R$ 5 mil, pagamento em até 36 parcelas e taxas de juros que variam de acordo com o relacionamento com o banco.

Bradesco

No programa Bradesco Franquias & Negócios, o banco oferece diversas soluções tanto para iniciantes neste modelo, quanto para franqueados que desejam expandir a atuação. No crédito para capital de giro é permitida carência para o início dos pagamentos e parcelas escalonadas conforme a maturação da unidade ou sazonalidade do negócio.

Santander

No Santander existe o programa Giro Franquias, sendo o crédito com garantia do Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (FAMPE), disponibilizado pelo Sebrae, em parceria com a Associação Brasileira de Franchising (ABF). Entre as condições para o franqueado cujo franqueador mantém parceria com o banco está financiamento de valor até R$ 375 mil de acordo com o faturamento da empresa, carência de até seis meses e taxa pré-fixada.

Itaú

Oferece serviços que vão desde a abertura até a modernização e expansão da franquia. É possível financiar até 50% do investimento total, com as garantias estabelecidas que variam de acordo com a análise de crédito.

Dependendo da região onde o franqueado pretende abrir a franquia é aconselhável verificar se a cidade oferece programas específicos de fomento para este modelo, como o Desenvolve SP, do Governo do Estado de São Paulo, ou o Banco do Nordeste, que oferece soluções de franchising em todo o Nordeste, Minas Gerais e Espírito Santo.

COMPARTILHAR