Como convencer meus pais a terem uma franquia?

0
167

Decidir abrir uma franquia requer bastante análise sobre riscos e benefícios, perfil do negócio, capital de giro e tantos outros elementos essenciais. Quando um filho percebe os pais em dúvida a respeito do tema, o que fazer?

A geração “baby boomer”, que reúne os nascidos até a década de 60, foi movida por mudanças culturais e de comportamentos, com ideais de sucesso focados em formação de família e emprego seguro com bom retorno financeiro. Hoje, esses adultos estão próximos ou em fase de aposentadoria ou, se ainda trabalham, é por necessidade ou prazer.

Com o passar dos anos, é normal pensar na possibilidade de uma vida mais tranquila e desacelerada – mas onde buscar emprego quando já se passou dos 60? Uma alternativa pode ser a aquisição de uma franquia. Aí, pode entrar um desafio: como um filho pode estimular seus pais a investir seu tempo e dinheiro em um empreendimento?

Negócio familiar

Abrir a própria empresa dá a oportunidade de trabalhar com membros da família, além dos funcionários contratados. Quando se trata de uma franquia, a operação é mais segura, pois há apoio e padrões oferecidos pela franqueadora. Além disso, para alavancar os negócios, pais e filhos podem trabalhar lado a lado em busca do crescimento da empresa, mantendo a cultura e valores durante todo o processo. Por já se conhecerem há longos anos, a comunicação fica muito mais fácil e informal, facilitando o entendimento em todas as posições.

Trabalhar com uma marca de confiança

Os baby boomers são difíceis de conquistar, mas, quando são arrebatados por uma marca, tornam-se leais defensores. Por que, então, não abrir uma franquia de uma marca em que já confia, com conhecimento prático da qualidade dos serviços ou produtos? O primeiro passo para abrir um negócio é acreditar no potencial e na qualidade dos produtos ou serviços oferecidos. Nesse caso, os padrões oferecidos pela franqueadora ajudam a garantir a qualidade.

Marcas já inseridas e reconhecidas no mercado

Além das questões de confiança, ser franqueado de uma marca já reconhecida no mercado traz segurança. Diferentemente de um negócio criado do zero, adquirir uma franquia traz a certeza de que haverá busca por seu produto/serviço, pois seu nome já é conhecido pelos consumidores por meio de campanhas de marketing e publicidade custeados pelo fundo de propaganda, que é alimentado coletivamente e empregado para beneficiar toda a rede.

Total apoio ao franqueado e facilidade na resolução de problemas

Como todas as franquias devem seguir o padrão do franqueador, seja em atendimento, qualidade de produto ou até mesmo ponto escolhido, diversas etapas no processo de tomada de decisões poderão ser evitadas. Isso facilita a vida do franqueado, já que o franqueador está acostumado com todas as etapas e problemas que possam surgir.

Tanto esse quanto os outros motivos listados mostram que a segurança, tão importante após os 60, também pode ser encontrada na hora de empreender.

COMPARTILHAR